Blog do Prof.João Baiano

EDUCAÇÃO PARA VIDA!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

ACONTECEU EM DEZEMBRO!


REUNIÃO PARA FUNDAÇÃO DA UNIMVIVA( UNIÃO DE MORADORES DA VILA VAVÁ)







Prof.João Baiano com os moradores do bairro Vila Vavá 


Prof.João Baiano palestrando na Vila Vavá


Takurumã(coordenador estadual da pessoa com deficiência )



INCENTIVO À EDUCAÇÃO 2010 !






Cici Almeida,Prof Geilson ( coordenador da estação cultural),Nilson Junior e Prof.João Baiano


Washington Luís(vice governador) ladeado por Prof.João Baiano e Cici Almeida




Professor Odair José(secretário municipal de educação) com os jovens Cleo Freitas,Cici Almeida e Prof.João Baiano

 


O empresário Júlio Alencar ladeado por Prof.João Baiano e Cici Almeida


Professor Edimilson com Cici Almeida e Professor João Baiano



Uma das professoras ganhadoras que foi contemplada com uma moto Biss

Coral vozes de Coroatá que fizeram sua  apresentação!



NATAL DO BEM 2010!


( Entrega de brinquedos no HGM) 

Ação social no HGM( ENTREGA DE BRINQUEDOS ÀS CRIANÇAS) Dra.Yana, Jucilene,Daniel,Cleo Freitas,Cici Almeida e Prof.João Baiano





ENTREGA DE BRINQUEDOS NO BAIRRO NOVO AREAL


A equipe da Central da Juventude Coroataense CEJUC com a CUFA(Central Única das Favelas) e a UNIMBAN( união de moradores do bairro novo areal)









PROF.JOÃO BAIANO EM ENTREGA DE BRINQUEDOS NO BAIRRO NOVO









Na manhã do dia 24 (sexta-feira), vésperas do Natal, a Central da Juventude Coroataense CEJUC em parceiria com a CUFA Coroatá concluiu a sua campanha “Natal do Bem 2010” com a entrega dos brinquedos arrecadados durante todo o mês entre seus parceiros.



Os primeiros brinquedos foram entregues para as crianças que encontravam-se internadas, em observação ou que estavam realizando consultas de emergência naquela manhã no Hospital Geral Municipal - HGM. A ação continuou horas depois no Bairro Novo Areal, a maior comunidade popular do município de Coroatá, possuindo uma alta taxa demográfica e alto índice de violência e consumo/tráfico de entorpecentes.



O Bairro Novo Areal está composto em sua maioria, por ex-trabalhadores rurais que fugiram da agricultura de subsistência – o famoso êxodo rural –, como é peculiar às nossas periferias, que e vieram para a cidade em busca de oportunidades de trabalho e educação para os filhos. Estas pessoas hoje sobrevivem dos programas sociais do governo federal e, pouquíssimas vezes, da lavoura de subsistência (um percentual muito pequeno), do mercado informal (jovens que se tornam ajudantes de obras, vendedores ambulantes, trabalhadores no comércio, cortadores de cana etc.), aposentadoria e do mercado paralelo (o tráfico e o furto cometidos por adolescentes e jovens).



A realidade da infância diante da pobreza nesta e nas demais comunidades localizadas na periferia coroataense, é agravada muitas vezes pela ausência da escola, do acesso a cultura e a cidadania. Muitas dessas crianças conhecem o Natal apenas na televisão, vêem a figura do velho barbudo induzindo ao consumismo. Muitas dessas crianças não têm quem lhes dê um presente no dia do Natal. Com esta ação a Central da Juventude CEJUC e a CUFA Coroatá quis – e acreditamos que conseguimos – fazer nascer no rosto de algumas crianças a alegria de ganhar um presente nesta data.



A distribuição dos 262 brinquedos ocorreu em parceria com o Projeto Cuidando do Futuro, União de Moradores do Bairro Novo Areal – UNIMBAN.



“Consideramos esta uma das ‘grandes’ ações da CEJUC e da CUFA dentro das periferias.  A quantidade de brinquedos foi pequena diante da necessidade da comunidade, mas que ficou de acordo com o plano de arrecadação definido pelos coordenadores da campanha.



Participaram da distribuição, Daniel Ferreira, Cici Almeida e Prof.João Baiano (ambos também coordenadores da campanha), Leandro Claro, Yana Cardoso (psicóloga e parceira) e os bboys do núcleo de dança de rua (Jefferson Gotardo, Tiago Tarso, Jairo II e Rodrigo), além de representantes da UNIÃO DE MORADORES do bairro.



 


CANTATA DE NATAL ( CÂMARA MUNICIPAL)








Vereadores Marcos da Conceição, Neuza Munis, Gilmar Arruda, Ciba do PT( PRESIDENTE DA CÂMARA) com o vice prefeito Domingos Alberto

Coral vozes de Coroatá que fezeram uma belíssima apresentação


Prof.João Baiano, vereador Gilmar Arruda,Jociel,Cici Almeida e Maria Baiano













segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

“O meu melhor governo começa agora”, afirma Roseana Sarney!



“O meu melhor governo começa agora”: foi o que garantiu a governadora Roseana Sarney em solenidade de diplomação dos eleitos em 2010, realizada na tarde de quinta-feira (16), no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. Além da governadora, foram diplomados o vice-governador, Washington Luiz(PT); os senadores eleitos pelo Maranhão, Edison Lobão(PMDB) e João Alberto(PMDB); além dos deputados federais e estaduais e suplentes. A diplomação foi conduzida pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Raimundo Freire Cutrim, e ocorreu no auditório Darcy Ribeiro, do Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís.



Roseana Sarney chegou ao Centro de Convenções acompanhada do marido, o empresário Jorge Murad, da filha, dos netos e outros familiares. Depois de assinar a ata de presença dos diplomados, ela se dirigiu para a sala das autoridades. Esta é a sexta diplomação de Roseana, duas como parlamentar (deputada federal e senadora) e quatro vezes como chefe do poder Executivo do Maranhão.


Governadora reeleita, Roseana Sarney, assina a ata de presença dos diplomados.


Na cerimônia, foram diplomados os 42 eleitos para a Assembleia Legislativa e mais 14 suplentes, seguindo a ordem decrescente, do mais para o menos votado. Logo após, houve a diplomação dos 18 eleitos para a Câmara Federal e mais oito suplentes; e dos senadores eleitos. A governadora Roseana Sarney fez questão de cumprimentar cada diplomado. Por volta das 17h, Roseana Sarney e Washington Luiz receberam os respectivos diplomas de governadora e vice-governador das mãos do presidente do TRE.



Ao final da cerimônia, bastante emocionada, Roseana Sarney assinalou a responsabilidade de todos os diplomados. “Tenho absoluta certeza que estou preparada para este momento ímpar que o Maranhão atravessa. Momento de investimentos, atração de indústrias, de preparação dos nossos jovens para que possam assumir os novos postos de trabalho. Para isso vou me dedicar dia e noite para fazer o melhor governo da minha vida”, afirmou.





Foi muito comentado o aperto de mão que o deputado Domingos Dutra deu na governadora Roseana Sarney, durante a solenidade de diplomação dos eleitos e suplentes no Centro de Convenções. Pois bem, para não restarem mais dúvidas sobre o que realmente aconteceu,  exclusividade a foto que registra o momento em que o petista cumprimenta a filha do senador José Sarney, o ‘futi’, mote que norteou a campanha do petista e que foi a grande sensação dos eleitores. No registro, vejam que Dutra, totalmente constrangido, estende a mão de rosto virado para Roseana, num sinal de que só estava realizando o gesto num sinal de respeito à platéia e ao protocolo da cerimônia.



Um dos pontos altos da festa realizada na casa de Veraneio em São Marcos, logo após a cerimônia de diplomação no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, foi a interpretação da música La Bamba (trilha sonora do filme Nos tempos da brilhantina) pela governadora Roseana Sarney. Segundo um dos presentes, até que ela não desafinou, levando o público ao delírio. Parece que a governadora não está ligando muito para as denúncias que podem colocar mandato na corda bamba.
   






VERDADE DOS FATOS: Denúncias graves

No último dia 10 ,terminava este mês o prazo informado pela procuradora eleitoral Carolina da Hora Mesquita Höhn para que as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Eleitoral acerca das denúncias de supostos crimes eleitorais envolvendo a ex-coligação “O Maranhão não pode parar”, encabeçada pela governadora Roseana Sarney Murad (PMDB), sejam concluídas.

Na semana que passou, o Ministério Público Eleitoral (MPE) ajuizou representações pedindo a cassação da governadora Roseana Sarney (PMDB). As ações tratam de abuso de poder econômico, político, captação ilícita de sufrágio e gasto irregular na campanha.



Ao menos cinco denúncias envolvem a ex-coligação “O Maranhão não pode parar”, encabeçada pela governadora Roseana Sarney Murad (PMDB), eleita no último dia 3 com 50,08% dos votos válidos (1.459.792).



Quatro têm a ver com abuso de poder político e/ou econômico: pagamento de contas, oferecimento de consultas médicas, fornecimento de combustível e facilitação para retirada de carteiras de trabalho – tudo em troca de votos. Uma refere-se a suspeita de fraude em votação nas urnas biométricas de Paço do Lumiar e Raposa.

Movimento na internet cobra entrega dos 72 hospitais por Roseana e assunto se torna um dos mais comentados do twitter


Um grande movimento ganhou força nesta sexta-feira (17) no twitter, uma das principais redes sociais utilizadas no Brasil. Uma campanha iniciada com a Tag #CadêOs72Roseana cobrou da governadora Roseana Sarney a entrega dos 72 hospitais do programa ‘Saúde é Vida’ até o fim do ano – conforme anunciado por ela no ato de assinatura para a construção dos novos hospitais em setembro de 2009 e prometido durante a campanha eleitoral deste ano. O assunto se tornou um dos mais comentados na rede de microbolog.







Em pouco tempo, milhares de usuários do twitter aderiram à campanha e a hashtag #CadêOs72Roseana (são maneiras de catalogar e conectar tweets sobre um tema específico) conquistou a terceira posição no Trend Topics Brasil (“TTBr”), espécie de ranking dos assuntos mais falados no twitter.


A usuária @branca_ em uma das suas twittadas foi irônica quanto o prazo de apenas 13 dias que faltam para a entrega dos hospitais. “O Guaraná Jesus vai virar fanta Uva e Roseana não entrega os 72 Hospitais”, comentou. A usuária @rosengana_ também demonstrou descrença em relação ao cumprimento da promessa. “Carlos Filho faz um discurso na tribuna da Assembleia e Roseana não entrega os 72 hospitais”, ironizou. Da mesma opinião compartilhou a internauta @Dall_ . “A Policia Federal prende Fernando Sarney e Roseana Sarney não entrega os 72 hospitais”, brincou. Já o estudante @fdanyllo foi mais sarcástico: “Fábio Jr. faz bodas de ouro e Roseana não entrega os 72 hospitais”.








Usuários do Twitter começaram a expressar o sentimento de revolta desde às 12h de hoje. A maioria das declarações era de indignação contra a promessa da governadora Roseana Sarney que prometeu entregar, até o fim deste ano, 72 hospitais, todos eles funcionando, equipados e com quadro de pessoal, sendo 64 unidades de saúde com 20 leitos e outros oito hospitais de 50 leitos cada.


Hospitais não serão entregues!











Entretanto, no ato de assinatura das ordens de serviço para a construção dos novos hospitais, no dia 10 de setembro de 2009, Roseana Sarney prometeu entregar os hospitais em apenas dez meses – praticamente um hospital no intervalo de cinco dias.























 










 

























HABEMUS PRESIDENTA!





Passados mais de cem anos desde a proclamação da República, muitos problemas continuam insolúveis, aumentando pavorosamente a cada dia que passa.Tais como: a corrupção, o abuso do poder, o desemprego, o analfabetismo, o serviço insuficiente e falho da saúde, a falta de segurança e de infra-estrutura básica.
Este povo, que nos 121 anos de regime republicano, dos quais cinquenta de ditadura, quase não teve participação política não por apatia, mas porque esteve sempre submetido à vertical marginalização, agora, a cada quatro anos, é convocado para decidir o futuro do País.Com a eleição da primeira mulher presidenta do Brasil, DILMA ROUSSEFF e com a renovação do Parlamento, esperamos que surja uma era de paz e de prosperidade para o povo brasileiro, afinal essa foi a eleição mais polarizada desde a redemocratização do Brasil, em 1985.


POSSE DE DILMA


Posse de Dilma vai destacar o papel das mulheres na história do Brasil

O ensaio da possa neste domingo (19) mostrou um pouco da festa e contou com a presença de um "cover" da presidenta



A presidente eleita Dilma Rousseff toma posse dia primeiro de janeiro de 2011. No último domingo (19), a equipe que prepara a cerimônia fez um ensaio na esplanada dos Ministérios.



Vai ser uma festa bem feminina. Mulheres que se destacaram na história do Brasil vão ser homenageadas com painéis espalhados por toda a esplanada. Assim como foi feito no lançamento da candidatura de Dilma. Mas o roteiro segue a tradição das posses. E neste domingo, no primeiro ensaio, teve até cover da presidente eleita.



No gramado em frente à Catedral de Brasília, uma operação começa a sair do papel. Representantes das Forças Armadas, Polícia Militar, Polícia Legislativa, guarda presidencial, equipes de socorro e do Itamaraty.



Todo o trabalho serve para planejar o tempo de trajeto, o posicionamento das equipes de segurança e a recepção dos convidados. A expectativa é que mais de 70 mil pessoas acompanhem a posse na Esplanada. E representantes de 40 governos estrangeiros já confirmaram presença, entre eles os presidentes da Colômbia, Uruguai, Chile e Venezuela.



O trajeto da comitiva presidencial não tem mais do que dois quilômetros. Depois de uma missa ecumênica na catedral, Dilma Rousseff segue no Rolls Royce da presidência até o Congresso Nacional, onde é empossada presidente da república. Em seguida, vai ao Palácio do Planalto.



Pela previsão do cerimonial da posse, Dilma Rousseff chega ao Palácio do Planalto às 16h30. No local, recebe a faixa presidencial e logo depois sobe ao parlatório, onde fará o primeiro discurso como presidente do Brasil.



Nessa operação toda, não poderia faltar uma "presidenta". A diretora de relações públicas do Senado, Juliana Rabelo, que já participou das duas posses do presidente Lula, desta vez teve que improvisar no papel de Dilma Rousseff. E já está se preparando para outro ensaio, no próximo domingo.


O dia da presidente Dilma termina com um coquetel no palácio do Itamaraty.


quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

“O diminuto instante entre dois olhos”

(VISITE O BLOG  vozesliterarias.blogspot.com/ )









De repente virei o rosto e dei meus olhos em você, naquele exato instante. E tudo estava tão claro, tão óbvio. Mas era apenas meu fértil intento.

O momento resolveu nos apresentar, desconsiderando nossa distancia, nossa incerteza, ou diria, nosso exagero. De talvez achar que estávamos no lugar e na hora certa, “uma poesia encantadora”, mas não irreal.

Tua atitude incerta de querer tirar os olhos de mim, ignorando a vontade evidente em você, me contagiou. Senti vontade de sorrir, mas me contive. Resolvi resisti e insisti em olhar teus perfeitos traços.

De repente tua serenidade inata enlevava-me e confundia todas as minhas certezas.

De repente acreditei que toda essa ocasião tinha algum motivo, uma explicação, mas confesso que ainda não descobri nada. Nem sei se quero ou se posso...

De repente, o mesmo instante que nos mostrou, resolveu seguir a diante, levando-a, insanamente. Restou apenas teu inconfundível sorriso como a única resposta para tudo o que sentimos e nada mais.

As lembranças talvez se resumam em tua indecisão, teu medo, tua certeza e incerteza, nossas saudades e claro, teu majestoso sorriso. Teu doce sorriso. Infelizmente apenas isso.





Crônica escrita por Antonielson Sousa














terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O desafio da juventude desempregada!








ALGUNS ANOS atrás, era comum provocar os jovens com um "saia à rua e encontre um emprego". Agora essa exortação não serve para nada, porque existem 7 milhões de jovens entre 15 e 24 anos que, por mais que tentem, não conseguem participar dos mercados de trabalho na América Latina e são forçados a passar os dias sem nenhum ofício.



Entre aqueles que não conseguem emprego espalha-se o desalento, e aqueles que têm um emprego, em geral, exercem-no em condições de informalidade, sem proteções nem perspectivas. Basta analisar os indicadores de educação de qualquer país para perceber que também enfrentamos um paradoxo: esses jovens são parte da geração mais instruída que tivemos, uma boa porcentagem deles frequentou a faculdade e têm expectativas lógicas sobre seu próprio futuro no mundo do trabalho.



O emprego dos jovens é um desafio político, porque, quando essas expectativas são traduzidas em desânimo e frustração, se torna mais difícil a estabilidade de nossas sociedades e até mesmo a representatividade e a governabilidade democráticas. Imaginemos um jovem chamado a votar, que vota como desempregado e que, anos mais tarde, ao repetir o processo, ainda não conseguiu um emprego.



Como isso afeta a sua relação com a democracia? Além disso, existe o problema da relação com a vida profissional, pois, quando os jovens não têm oportunidade, dificilmente conseguem quebrar o ciclo de pobreza e trilhar uma trajetória de trabalho decente.



Estaremos desperdiçando o talento e a capacidade produtiva necessária para alcançar o crescimento econômico. Para piorar a situação, os jovens foram o grupo mais golpeado pela crise de emprego do ano passado. Indicadores compilados pela OIT mostram que em 2009 a taxa de desemprego dos jovens aumentou mais do que a dos adultos, enquanto diminuiu a sua participação nos mercados de trabalho, o que em grande parte se deve ao desânimo.



Estima-se que mais de 600 mil jovens passaram a engrossar as fileiras dos desempregados devido à crise. Na América Latina e no Caribe existem 104 milhões de jovens que enfrentam o seguinte cenário: 34% deles somente estudam, 33% só trabalham, 13% estudam e trabalham e 20% não estudam nem trabalham.



Sabe-se que a taxa de desemprego entre os jovens é o dobro da taxa global e três vezes maior do que a dos adultos, uma realidade que transcende o espaço latino-americano. Por outro lado, é prática habitual que os jovens sejam os primeiros a perder o emprego em tempos de crise e os últimos a voltar ao trabalho quando vem a recuperação. Sem contar que são considerados mão de obra barata, e isso muitas vezes os coloca em condições precárias de trabalho.



Para enfrentar esse desafio é necessário adotar medidas específicas destinadas a gerar mais e melhores empregos para os jovens. Investir na formação profissional e incentivar o espírito empreendedor para que eles possam também ser vistos como geradores de emprego. Aqui não agem as forças invisíveis de qualquer espécie, porque estamos lidando com problemas estruturais que só podem ser tratados com ações e políticas muito concretas.



É necessário colocar os planos de promoção do trabalho decente para a juventude como parte integrante das políticas públicas. É preciso reforçar o quadro institucional que implementa essas políticas, dispor do diálogo social para torná-las mais fortes e garantir seu sucesso. É indispensável, ainda, o intercâmbio de experiências entre as nações. Não há soluções mágicas para um problema tão complexo.



Portanto, é importante que os governos nacionais, regionais e locais, os sindicatos e os empresários, em conjunto com outros atores sociais, insistam em encontrar uma maneira de transformar essa realidade, se realmente quisermos avançar para o desenvolvimento. Sem os jovens não vamos conseguir!
                                          (reportagem de PROFESSOR JOÃO BAIANO)

















Hebe Camargo anuncia despedida do SBT



A gravação do programa especial de Réveillon teve sabor de despedida para Hebe Camargo. Desde 1986 no SBT, a apresentadora de 81 anos anunciou que vai sair da emissora. Silvio Santos teria sido avisado por telefone, logo depois. Segundo Claudio Pessutti, empresário e sobrinho da veterana, o motivo não foi apenas a questão salarial. Além do corte de salário - ela passaria a ganhar metade dos R$ 500 mil que recebe atualmente - Hebe não esconde de ninguém sua insatisfação com o horário em que a atração é exibida: 20h15m, às segundas-feiras.





- Foi uma série de motivos. Hoje ela gravou o último programa que vai ao ar no dia 27 e já se despediu - explica Pessutti, que avisa: - A Hebe está feliz e vai continuar com a carreira normalmente.





O diretor do programa, Ariel Jacobowitz, conta que a apresentadora abriu a gravação do especial cantando a música "Começar de novo", em dueto com Ivans Lins, um dos artistas presentes no palco. Alexandre Pires, Cauby Peixoto e Daniela Mercury também estavam entre os convidados.





- O sentimento de todos na equipe é de tristeza, porque o programa acabou. Mas também de profundo orgulho por ter trabalhado com ela. Esse é o sentimento de todo mundo, da estagiária a mim, que sou o diretor - frisou.





O diretor acrescentou que todos no SBT estão "estarrecidos":





- Foi uma decisão corajosa, ao fim de um ano muito produtivo. Hebe começou 2010 indo trabalhar depois de fazer quimioterapia, agora está buscando novos caminhos.





Já Pessutti afirma que, por enquanto, não há negociações com outras emissoras. Embora haja especulações de que Hebe estaria conversando com Amilcare Dallevo, dono da RedeTV!. A assessoria do canal não confirma a informação. O SBT informou que deve enviar um comunicado oficial nos próximos dias. Enquanto isso, o "Programa da Hebe" continua normalmente na grade. O contrato da apresentadora é válido até o dia 31 de dezembro.
                                                                                                                   (imirante.com)







sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

As marcas da juventude do complexo do alemão








Você deve estar muito curioso com esse título, não é mesmo? Eu vou confessar pra vocês que eu também estou, pois estou escrevendo agora e nem estou pensando como será o final. Vou deixar fluir e falar o que manda o meu coração. Sei que vocês, leitores, a maioria jovens, ouviram e viram, nas últimas semanas, muitas coisas em diversos meios de comunicação. Deve ter se divertido muito também com muitas mensagens nos twitters, fazendo piadinhas da situação etc. Foram feitos muitos comentários sobre o que foi certo e o que foi errado em relação à decisão do Governo do Rio ou da Força de Segurança. Debates aconteceram, especialistas falaram, ONGs se manifestaram. Foi assunto para todo o mundo, mostrando um País que tem uma força poderosa e demonstrou que quando o Poder Público quer ele consegue. Tudo isso vocês já sabem, não é mesmo?

A minha reflexão vem de acordo com o trabalho que desenvolvo nesses 3 anos em Coroatá, ou seja, a formação dos jovens. Dias atrás estava vendo uma reportagem em uma determinada emissora de TV, quando escutei o seguinte comentário: O poder oficial (governo) abandonou a população das favelas, e o poder paralelo (narcotráfico) adotou e tomou conta e fez o que vinha fazendo até o momento... .

E o que tem a juventude com isso? Todo o contexto histórico do narcotráfico e da histórica invasão pela polícia, faz-nos perceber a importância que tem o fator INVESTIMENTO nas comunidades carentes, que chamamos de favela, não os abandonando e acompanhando de perto todas as necessidades emergentes, que deveriam ser prioridades ao Governo.

Da mesma forma ocorre em relação à formação de nossos jovens. Se a Família, Escola, Igreja e o próprio Governo não encarar a educação dos jovens de forma séria, vamos ter no futuro muitas "gangs" formadas. Quem sabe muitos dos traficantes que foram presos e outro tanto que estão sendo procurados, tivessem tido uma oportunidade de estudar, de trabalhar, de ter uma família consistente, com certeza teríamos uma realidade diferente nos dias de hoje. Isso me faz lembrar o depoimento de uma jovem que disse: nós estamos aqui porque somos pobres; não estamos aqui por opção própria. Estamos aqui porque fomos abandonados. Dura realidade esta!

Quando abandonamos a educação séria dos nossos jovens, quando os pais querem comprar seus filhos com presentes, quando professores querem se parecer mais um com "cara legal, divertido e adorado pelos alunos", porém não levam a sério a educação do aluno, mostrando a ele o caminho correto, um caminho baseado em valores (às vezes nem mesmo o educador vive uma vida baseada em valores), com certeza estaremos colaborando para a criação de novas "gangs". Se as Igrejas abandonarem os jovens, achando que é uma missão impossível a evangelização dessa geração de arrogantes e "perdidos", com certeza estaremos colaborando cada vez mais para a criação de novos ocupantes dos "complexos" das diversas cidades de nosso País.

A juventude encontrada no Morro do Alemão é composta por um jovem desiludido, que não acredita mais em nenhuma Instituição, nem mesmo na família, desintegrada há muito tempo; jovens que nascem em famílias desestruturadas; jovens que têm que se "virar" para sobreviver, num morro onde não existe condição adequada de vida; geralmente sem a presença paterna, sozinhos, com facilidade são aliciados por traficantes que mostram um mundo diferente, com possibilidades de ter um "dinheirinho" no bolso e fazendo trabalhos fáceis, como por exemplo, ser um "fogueteiro" ou levar um litro de gasolina para queimar um carro, ou simplesmente fazer uma "desova" ou atear fogo em um pneu para acabar com as provas de um crime etc.

Com essa facilidade, sem vislumbrar um futuro melhor, o jovem é seduzido a isso. Aos poucos vai galgando os possíveis "postos" e logo está à frente de uma facção ou de uma favela, sendo chefe, mandando, matando e se defendendo como pode como estamos vendo nas inúmeras reportagens dessa última semana.

Esse é apenas um aspecto. O outro problema são os "outros" jovens que não vivem inseridos no "complexo", mas que usufruem das "mercadorias" que vem do morro. Não falo dos jovens pobres, das classes C, D e E. Falo dos jovens de classe A e B. Esses jovens que mantém toda a infraestrutura do morro.

O princípio é o mesmo. Se não existir uma educação firme dos pais em relação aos filhos, certamente veremos muitas mães e pais chorando a morte de seus filhos. Não apenas a morte biológica, mas a morte do caráter, dos valores e com isso se verá a própria derrocada da Instituição Família.

O que percebo nos dias de hoje é que muitas vezes lares estão se transformando em verdadeiros "complexos do Alemão". A guerra começa na família; a formação de gangs começa dentro do lar; E é da família que sai esse jovem que nas escolas não se adaptam, que são problemas para amigos, professores e diretores; são jovens que saem por ali destruindo tudo, batendo em todo mundo, matando, ateando fogo em índios; violentando crianças; torturando animais etc. E ainda por cima, são protegidos pelos pais, afinal de contas "eles são apenas inofensivos adolescentes".

Queremos acabar com os "complexos" dos morros? Queremos acabar com o narcotráfico? Queremos acabar com o "bulling"? Queremos acabar com a violência? Só existe uma tarefa a ser feita: educar bem as nossas crianças, para que se tornem um jovem saudável.

Por isso, da mesma forma de que o Estado Oficial abandonou as favelas e o estado paralelo as adotou, quando abandonamos a educação das crianças e jovens, seja na Família, na Escola ou na Igreja, com certeza eles serão adotados pelo "poder paralelo". E quando chegar a esse ponto, a única coisa que faremos será sentar em nossa confortável sala de TV, sintonizar um canal e ver a Polícia invadir mais um "Complexo" do nosso Brasil.



Um abraço fraterno

                                               PROFESSOR JOÃO BAIANO








segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

PROFESSOR JOÃO BAIANO É ACLAMADO POR POPULARES DO BAIRRO NOVO EM COROATÁ!

Foi um sucesso a fundação da União dos moradores do bairro novo areal (UNIMBAN), realizado no último final de semana (domingo dia 05) na escola municipal do bairro. A presença 'em peso' da juventude marcou o evento em um momento histórico onde pela primeira vez em Coroatá uma mulher presidirá a presidência de uma associação. A vitória louvável da dama Maria Juraci, foi festejada pelos moradores do bairro novo areal. O evento teve a presença dos incentivadores do projeto, Cici Almeida (GARP),Cléo Freitas(JSB e Ita Social) e a presença ilustre do professor João Baiano que foi aclamado pelos populares com muito carinho.




POPUPALES QUE SE FIZERAM PRESENTES






Professor João Baiano acompanhado de Cici Almeida e Cleo Freitas com a diretoria da UNIBAM







PROFESSOR JOÃO BAIANO SAUDANDO UMA DAS MORADORAS DO BAIRRO





                                                              DIRETORIA ELEITA                





quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

PARABÉNS MÃE!



 

Existem momentos em nossas vidas,

que jamais poderiam ser resumidos em simples palavras.



Ao longo desses anos fui convivendo com uma

mulher que me despertava diariamente para uma realidade,

que me fazia acreditar sempre mais e mais no verdadeiro significado das

palavras com determinação, respeito e amor.



Você foi ao longo desses anos à pessoa que mais me ouviu.



A amiga e mãe,

que mais soube dos meus medos e das alegrias que tive,

participou intensamente do meu crescimento e me ajudou a tomar as decisões mais difíceis.



Sem dúvida alguma você é a pessoa que mais me conhece e por isso

quero abrir o meu coração e dizer como estou feliz em participar

do seu aniversário quero que a minha alegria transmita a você,

meu mais puro e sincero amor e toda a gratidão que tenho pelas coisas

que fez durante esses anos, espero estar sempre ao seu lado e poder

retribuir cada palavra e gesto de carinho que dedicou a mim,



Você é a melhor mãe do mundo.



Te amo e feliz aniversário

                                                    (De seu filho João Baiano e irmãos)








ADFCO COMPLETA 1 ANO!




                                        
                                   (PROFESSOR JOÃO BAIANO QUE FOI CONVIDADO PARA A DOAÇÃO DA CADEIRA DE RODAS)





                                            (MOMENTO DA DOAÇÃO DA CADEIRA DE RODAS)





                              (PROFESSOR JOÃO BAIANO COM PROFESSOR BORGES E O EMPRESÁRIO NETO LEMOS,DONO DA ALEMÓVEIS)















“Você pode ter pernas, mas talvez não ande por caminhos certos

Você pode ter mãos, mas ás vezes não estende para ajudar seu próximo

Você pode ter olhos, mas ás vezes não quer enxergar seus erros
Você pode ter ouvido,mais não ouve conselhos

Você pode ter boca, mas não tem coragem de gritar por justiça,quando vê atos cruéis...”
                                                                               (POESIA DE PROFESSOR JOÃO BAIANO)





O mês de novembro marcou o aniversário de 1 ano da Associação dos deficientes físicos de Coroatá,realizado no dia 28(domingo passado).Homenagens,mensagens e até doação de uma cadeira de rodas marcaram a eventualidade. Na comemoração os portadores de necessidades especiais, contaram com a presença da presidente do conselho tutelar de Coroatá (Assunção), com a presidente do conselho da criança e do adolescente e diretora da fazenda da esperança dos menores (Alzenir), Cleo Freitas (presidente da ONG Ita social),Cici Almeida(presidente do GARP) e do professor João Baiano(presidente da ONG Central da Juventude Coroataense-CEJUC). O presidente da ADFICO (associação dos deficientes físicos de Coroatá)professor Borges,não deixou de externar sua satisfação em ter conseguido chegar em 1 ano de existência com sua entidade fortalecida,com parcerias que deram certo.